quarta-feira, 29 de julho de 2009

Vila Jardim União - Ame, ore e ajude!

A Vila Jardim União já foi indicada como um dos locais mais arriscados para se viver em Curitiba (veja na matéria da Gazeta do Povo/2008). E não é difícil entender o porquê. É uma área de invasão próxima a BR 277, no bairro Cajuru, marcada pela pobreza e violência, gerada pelo tráfico de drogas.

Em meio a esta realidade, que poucos conhecem ou tem coragem de enfrentar, também há uma pequena igreja onde pessoas humildes têm encontrado o amor de Deus e a esperança que necessitam. Na Congregação da Igreja Quadrangular Jardim União há vários testemunhos impactantes. São pessoas que sobrevivem à violência do local e seguem firmes no propósito de servir a Cristo.


O casal de pastores, Janita e Alécio, são os líderes desta igreja. Há culto de jovens aos sábados à noite, escola bíblica dominical aos domingos pela manhã, culto familiar nos domingos à noite, além dos cultos de oração durante a semana.

A igreja também realiza um trabalho de ação social junto a comunidade, que precisa urgente de assistência em todas as áreas. Mas muitas vezes, sobra vontade e faltam os recursos. Sem assistência de Órgãos ou Instituições, a ajuda lá é totalmente voluntária, já que os pastores também não são bem amparados financeiramente e sofrem dificuldades.
Por esta razão, além de sua oração em favor destes irmãos, nós pedimos a sua COLABORAÇÃO.
Há pessoas na Vila Jardim União precisando de COMIDA e AGASALHO.
Se você estiver interessado em fazer uma doação, com o que puder, entre em contato pelo telefone 41-9128-1824.

A congregação também espera pela sua visita e está aberta a ajuda. Seja através de trabalhos evangelísticos ou de ações sociais.
O que estas pessoas mais precisam, em primeiro lugar, é do seu AMOR.
Você consegue fazer isto?




texto: Paolla Grisolli
fotos: Claudia Salles

quinta-feira, 16 de julho de 2009

ARTE E ATITUDE


Tatuagem e piercing – Cuidados que fazem a diferença


Um assunto que está sempre nas rodas de discussão do povo cristão é: tatuagem e piercing, pode ou não pode? Esta é uma questão que vai longe, muito longe. O fato é que o número de jovens procurando os estúdios de body art aumenta todos os dias. Há adeptos do piercing e tatuados por toda a parte. Por este motivo, vamos deixar o “pode ou não pode” para outra ocasião, e você que quer saber mais sobre a body art, aqui vão algumas orientações importantes.

É muito fácil encontrar alguém com alguma destas artes hoje em dia, mas tem muita gente se arrependendo de não ter pensado um pouco mais antes de se enfiar na primeira portinha e arriscar a sorte. Muitos profissionais sérios desta área não se cansam de alertar para a quantidade de gente picareta espalhada por aí. Não se pode confiar em qualquer tatuador ou body piercer desconhecido e sem nenhuma referência. Por isto, o primeiro cuidado e mais importante antes de fazer sua tattoo ou piercing é: procure o local e a pessoa certa!

O analista de sistemas, Ricardo Gruppelli, é um tatuado e gosta de pesquisar sobre esta arte. Ele conta no que mais pensou na hora de escolher o estúdio e o profissional para fazer as suas tattoos. “Todas as vezes que fui procurar um tatuador, procurei alguém que tivesse uma boa qualidade profissional, precisava me sentir a vontade com o artista, coisa que não se explica muito, mas conversando um pouco percebe se tem afinidade. Depois me preocupei com a parte técnica, pedia pra ver os álbuns pra checar os tipos de desenhos e se o tatuador dominava a técnica que eu procurava.” Ele também conta que se preocupou em pegar indicações com amigos, mas que “a técnica foi o que mais contou”, “e hoje em dia todos os tatuadores são fiscalizados pela vigilância sanitária.” Pelo menos deveriam ser.


No caso da tatuagem, existe até uma exigência da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) de regulamentação dos equipamentos e das tintas utilizadas nos estúdios. Mas qual é o perigo que estes materiais utilizados representam? Pode ocorrer alergia às tintas, devido ao uso de material não apropriado, em alguns casos a alergia se agrava e a pessoa precisa ser internada. Mas ao fazer uma tattoo há também o perigo de contrair a hepatite e até mesmo a AIDS. No caso do piercing, a pessoa também está exposta aos perigos como: infecções, inflamações, a hepatite, AIDS, além das reações alérgicas, como as chamadas *quelóides.

Mary é body piercer e também dá dicas muito importantes. Aqueles que pretendem colocar piercings ou alargadores, prestem atenção nestes detalhes. “Busque referências da clínica, veja se eles têm alvará da vigilância sanitária. Peça para ver o portifólio e se tudo o que é possível seja descartável ou esterilizado em autoclave. Feito isso procure a procedência da jóia, eles só podem te vender um piercing com garantia de que o material é aço cirúrgico 316 (o único próprio pra perfuração), ou ouro acima de 18k, ou titanium, niobium, teflon...” Após de se informar sobre a jóia, quanto ao profissional ela explica, “além de fazer a perfuração com segurança (bio segurança) ele tem que ter habilidade para ser bem sucedido. Depois disso tem que dar assistência pós-procedimento, além de te dar uma folha contendo os cuidados necessários para uma cicatrização perfeita.”


Então nunca se esqueça dos princípios básicos, procure um estúdio bem higienizado, que possua equipamentos esterilizados e faça sua tattoo ou piercing com profissionais que possuam boas indicações e experiência na área. Depois desta parte bem feita, agora é hora de decidir o que você irá fazer em seu corpo. A segunda dica é pensar bem, principalmente com relação aos desenhos das tatuagens, pois não há como voltar atrás.
Este é o caminho mais indicado, por quem já teve experiências e é da área, para aqueles que curtem a body art, e principalmente, prezam pelo seu corpo. “O mundo da body art não pára... estão sempre estudando novos materiais, técnicas diferentes para um procedimento mais seguro, uma cicatrização perfeita e um resultado bonito.” Afirma a piercer Mary, que deixa também a dica do site http://www.bmezine.com/, em inglês, para os interessados no assunto.

texto: Paolla Grisolli
créditos fotos: Ricardo - Sheron Anne Tattoo/ Mary - Arquivo pessoal.

*"Apenas gostaria de deixar uma "errata" quanto ao citado que quelóide é uma reação alérgica. Na verdade eles podem aparecer a partir de uma alergia localizada, mas de fato é que o quelóide é uma hipertrofia celular que ocorre nas lesões cicatriciais, ou seja, é "uma cicatriz que não sabe quando parar de crescer". Ele se caracteriza por uma cicatriz endurecida, que se eleva acima do nível normal da pele." - Sheron Anne

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Conheça melhor a Comunidade Gólgota!

Faz 8 anos que a Comunidade Gólgota existe com o propósito de alcançar o povo mais underground da nossa cidade para Jesus Cristo. Com esta missão, de levar o Evangelho para as Tribos Urbanas, principalmente os rockeiros, as músicas do louvor e as mensagens do pastor Pipe são, geralmente, bem diferentes do que vemos nas igrejas cristãs mais tradicionais.
Recentemente, em uma entrevista para o site Curitiba Gospel, o pastor da Comunidade deu uma explicação sobre a fusão entre o "mundo underground" e o Evangelho em sua igreja:

"A fusão acontece naturalmente uma vez que viemos desse meio. Nós somos roqueiros que se converteram a Cristo. Portanto, não estamos nos fazendo de loucos para ganhar os loucos. Nós somos loucos, rsrsrs... Os valores que permanecem são os mesmos universalmente aceitos pela fé cristã como absolutos de Deus. Diferenciamos apenas o que é cultura nociva à fé e a vida, daquilo que é cultura passiva e que não necessariamente agride a minha fé em Cristo. Nós acreditamos que a música Rock, roupa preta, piercings, tatuagens, cabelos compridos, etc, não agridem nossa fé. Não há nenhuma imposição cultural sobre os membros da comunidade. Ninguém é obrigado a nada neste aspecto. Agora, quando estamos falando de absolutos na ética cristã, o assunto é outro. E, portanto, funcionamos como qualquer outra igreja neste mundo funciona. Não negociamos valores cristãos!"

video

A Comunidade Gólgota realiza seus cultos todos os domingos às 18:00 horas e aos sábados realiza eventos e shows.
Confira a agenda através do site www.comunidade.golgota.org !
O endereço é Av. Visconde de guarapuava 2425 - fundos. Bem no centro de Curitiba!
Além do site, também é possivel acompanhar a programação através do Metal Cast, pod cast que contém desde o testemunho completo do pastor Pipe até as mensagens dos cultos.
Fica também a dica para conhecer a comunidade no Orkut da igreja, lá rolam movimentados fóruns de discussão entre os membros e amigos da Comunidade sobre todos os assuntos, muitas vezes sobre os eventos que estão rolando por lá.

* Nos dias 4 e 5 de julho, acontecerá o evento Metanóia. E nos dias 30, 31 de julho e 1, 2 de agosto será o Congresso Nacional Underground Cristão (C.N.U.C.) . Veja os detalhes no site e PARTICIPE!!!

texto: Paolla Grisolli